Espontaneidade

Papa telefona para a Cúria Geral dos Jesuítas e causa admiração

Espontaneidade do Papa Francisco atrai atenção de muitos

Rádio Vaticano

Na manhã desta sexta-feira, por volta das 10h15 (horário de Roma – 6h30 em Brasília), o Papa Francisco telefonou para a Casa Generalícia dos Jesuítas a fim de saudar e agradecer ao Prepósito-Geral da Companhia de Jesus, padre Adolfo Nicolás, pela mensagem recebida na véspera.

O recepcionista atendeu o telefone e ouviu uma voz suave e serena que lhe disse: “Bom dia, sou o Papa Francisco, gostaria de falar com o padre Geral.”

O recepcionista quase lhe respondeu: “E eu sou Napoleão”, mas se conteve. Porém, lhe perguntou: “O senhor telefona em nome de quem”?

Então, o Papa entendeu que o jovem não acreditou que era realmente o Pontífice quem estava no telefone e lhe disse novamente: “É verdade, sou o Papa Francisco. E você como se chama”?

O recepcionista respondeu com uma voz titubeante, dando-se conta do erro: “Meu nome é Andrea”. E o Papa lhe disse: “Como você está, Andrea?”. E ele lhe respondeu: “Bem. Desculpe-me. Estou um pouco confuso”.

O Papa lhe respondeu: “Não se preocupe, gostaria de agradecer ao padre Geral pela bonita carta que me escreveu”. O recepcionista lhe respondeu: “Desculpe-me, Santidade. Um momento”.

A seguir, Andrea passou a ligação para Irmão Afonso, jesuíta gaúcho, secretário de padre Nicolás. “Pronto. Quem fala é Ir. Afonso”. E o Pontífice lhe respondeu: “Sou o Papa e gostaria de saudar o Padre Geral”. E Ir. Afonso lhe disse: “Sim, um momento.” E enquanto caminhava em direção ao escritório do padre Geral disse ao Papa: “Santo Padre, parabéns por sua eleição. Estamos muito felizes com sua nomeação. Estamos rezando muito pelo senhor.”

O Papa lhe respondeu: “Rezando para que eu vá para frente ou para trás”? Respondeu-lhe Ir. Afonso: “Naturalmente para frente.” E o Papa respondeu com uma risada espontânea.

Emocionado, Irmão Afonso entrou sem bater no escritório do Prepósito-Geral que por sua voz olhou para ele surpreso. Ir. Afonso passou para ele o telefone e olhando em seus olhos disse: “É o Papa”!

Desde a eleição do Papa Francisco o telefone da Cúria Geral da Companhia de Jesus toca a cada minuto.

Comentários

comentários

↑ topo